Orienta-te Redes Sociais

Crowdfunding

Já podes seguir uma receita com uma tatuagem

Duas designers italianas criaram uma colecção de receitas em tatuagens. A ideia é usar o antebraço para nos lembrarmos da ordem dos ingredientes. “I tradizionali” já tem campanha de crowdfunding

Texto de P3 • 12/05/2014 - 10:04

Distribuir

Imprimir

//

A A

Em vez das mais tradicionais fotografias, estas receitas são ilustradas a preto e branco, em tatuagens para serem colocadas no antebraço. São temporárias — a fazerem lembrar aquelas que saíam em brindes de batatas-fritas — e asseguram que quem cozinha não deixa nenhum passo da receita para trás.

 

“A tatuagem não só enfatiza o gesto comum de arregaçar as mangas antes de cozinhar, como também ajuda o cozinheiro a lembrar-se da ordem pela qual a receita deve ser preparada”, pode ler-se no site do “I tradizionali”.

 

O projecto é da autoria de duas designers italianas, Marina Cinciripini e Sarah Richiuso, que tiveram a ideia de combinar tatuagens com receitas em 2013, durante uma competição de design. Depois de escolher a receita no “I tradizionali”, os cozinheiros apenas têm de aplicar a tatuagem, com água. A seguir é só deixar que o traço se desvaneça — ou correr-se-ia o risco de ficar com a receita favorita para sempre na pele.

 

A colecção está dividida em conjuntos temáticos, cada um com quatro receitas completas, que podem ser em italiano ou inglês. Disponíveis há combinações para saladas, massas, sobremesas e bebidas. As edições especiais incluem menus pensados para o Natal, a Páscoa e até para pessoas com restrições alimentares.

 

Até 4 de Junho, o projecto tem uma campanha de crowdfunding a decorrer na plataforma Eppela. Marina e Sarah pedem seis mil euros. A partir de dez euros é possível encomendar uma embalagem.

Eu acho que

Pub

Videoclipe.pt

Audio

Laura quer que as pessoas entrem no atelier dos artistas "com um clique"

Ilustração

As cores vivas não disfarçam o humor negro nas ilustrações e gifs de Cécile Dormeau — da mesma forma que as mulheres de formas redondas não escondem os...

Irene, a miúda do cartaz feminista...

Perfil // É espanhola, mas foi tema de destaque em Portugal quando saiu à rua no 1.º de...