Os desenhos de Joel Faria têm concertos dentro

autoria P3/Lusa

// data 06/04/2018 - 08:30

// 3181 leituras

Os diários gráficos dele estão repletos de música. Já o dizíamos em 2013, quando falámos pela primeira vez com Joel Faria, o jovem artista que não consegue ver concertos sem uma caneta na mão — até já fomos pela sua mão a Paredes de Coura. Agora, este sábado, 7 de Abril, o Auditório de Espinho inaugura uma exposição dos seus desenhos. É uma outra forma de acompanhar os vários artistas portugueses e estrangeiros que pisaram o palco desta sala de espectáculos entre 2013 e 2018 — basta desfiar esta fotogaleria para ver momentos de concertos de Rita Redshoes, Emmy Curl, JP Simões ou Dorian Wood.

 

A exposição, descreve a agência Lusa, apresenta também uma evolução entre os primeiros desenhos, efectuados a caneta sobre papel A5 ou A4, e obras posteriores, já delineadas em tablet e com coloração digital. Em todos esses casos, Joel Faria procurou captar a ambiência específica de cada concerto, do que resultaram desenhos mais ou menos figurativos consoante a iluminação da sala, as reacções do público ou os próprios comentários dos artistas em palco — cujos comentários perante a plateia por vezes ilustram as obras em exposição. "É incrível ver no final o resultado dos desenhos e perceber a reacção dos músicos no momento em que os observam pela primeira vez", declara André Gomes, um dos programadores do Auditório de Espinho, entidade que tomou a iniciativa de organizar a mostra. "A exposição tornou-se natural depois de percebermos a quantidade de concertos que o Joel já tinha desenhado e é muito simbólica para nós por ser quase um registo paralelo às fotografias e às gravações vídeo que temos dos espectáculos — por ser, digamos, um registo mais poético", realça esse responsável à Lusa.

 

O concerto de Dorian Wood foi um dos que Joel mais gostou de registar. A impressionante presença em palco do americano criou na sala "uma atmosfera muito diferente, que se reflecte no desenho". "Mas isso não quer dizer que no papel só apareçam coisas que estavam efectivamente na sala", nota o autor. "Às vezes há aspectos subjectivos, que não são físicos, que acabam por fazer a diferença e essas coisas também se desenham", conclui.

 

Entre Linhas - Desenhos de Joel Faria estará patente no foyer do Auditório de Espinho até 16 de Junho. Joel também irá inaugurar em breve uma exposição na galeria-bar Espiga, no Porto, com os registos que tem feito das Creative Mornings que o espaço acolhe. Paralelamente, tem colaborado com Paulo Freitas, autor do podcast No mundo dos que são grandes, desenhando os jogadores que são destacados em cada episódio. Ufa!

Eu acho que