O hip hop neurótico dos regressados Enigmacru

autoria Pedro Santasmarinas

// data 08/01/2018 - 14:38

// 2807 leituras

Nos vídeos de hip hop ainda persiste um convencionalismo empedernido, padronizado num afrontamento da câmara por um rapper a gesticular e a verbalizar uma enxurrada de palavras (por vezes impercetíveis) e rimas, acompanhado dos seus acólitos "brothers". Porém, até o próprio Kendrick Lamar (talvez a maior referência do momento) tem abraçado uma corrente emergida do hip hop mais alternativo que explora o sentido das palavras através de metáforas visuais, carregadas de simbolismos e surrealismos, com pendor narrativo e cinematográfico. É certo que os orçamentos por cá são outros (quando os há), mas na última semana surgiram em VIDEOCLIPE.PT dois vídeos a explorarem a narrativa: um de Phoenix RDC (a dever aos estereótipos americanos), e este que destacamos nesta galeria dos regressados Enigmacru. Uma saudosa dupla do Porto que após anos de hibernação surgiu em finais de 2017 com o álbum Emperfeito Equilíbrio e, como agora são os vídeos a comandarem a divulgação musical, lançaram há dias o seu primeiro videoclipe de sempre. Triticum é nome de antidepressivo com propriedades sedativas e de um tema com batidas tanto dopantes quanto perfurantes, e rimas a descreverem cenários físicos e mentais alucinados, a lembrar um Nerve. Pedro Santasmarinas foi quem administrou esta receita audiovisual ao hip hop neurótico desta dupla sem recorrer aos “genéricos” desta cultura musical, o que é um naco de boa saúde criativa em vídeo para o hip hop.

 

Texto escrito segundo o novo Acordo Ortográfico, a pedido do autor.

Eu acho que