Literatura

“Montanhas”, de Madalena Matoso, premiado em Bolonha

O livro ilustrado de actividades da autora portuguesa recebeu uma menção especial atribuída pela Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, que acontece de 26 a 29 de Março

Texto de Lusa • 12/02/2018 - 15:13

Distribuir

Imprimir

//

A A

O livro Montanhas, da autora portuguesa Madalena Matoso, foi distinguido nos prémios anuais da Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, que decorrerá em Março, em Itália, anunciou a organização.

 

Todos os anos, aquela feira internacional distingue os melhores livros ilustrados editados em todo o mundo, em várias categorias (ficção, não ficção, primeira obra, livro digital), tendo Montanhas, de Madalena Matoso, recebido uma menção especial na área do livro de arte, arquitectura e design.

 

Montanhas é um livro de actividades para os mais novos, em grande formato, criado por Madalena Matoso para a editora polaca Wytwórnia, tendo tido uma co-edição com a portuguesa Planeta Tangerina. No livro, a autora convida o leitor a completar ilustrações que têm como tema a montanha, sempre ancoradas em pequenos textos como se fossem legendas de uma obra de arte num museu.

 

"Quis brincar com esse tipo de linguagem e depois cada criança, cada pessoa, pode fazer coincidir o que desenhar com a legenda", afirmou Madalena Matoso à agência Lusa. Visualmente, a autora explicou que se inspirou em paisagens e ideais do Romantismo, em arte abstracta e em arte contemporânea, embora o resultado seja "super gráfico, geométrico e com cores planas".

 

Madalena Matoso já ilustrou mais de duas dezenas de livros para crianças, tendo assinado em nome próprio obras como Livro Clap, Conta-quilómetros, Dobra letras e Não é nada difícil — o livro dos labirintos. Cofundadora da editora Planeta Tangerina, Madalena Matoso venceu o Prémio Nacional de Ilustração em 2008 com A charada da bicharada, de Alice Vieira. As colagens do livro Não é nada difícil — o livro dos labirintos

 

Esta não é a primeira vez que a ilustração portuguesa é premiada em Bolonha. Em anos anteriores foram distinguidos com prémios e menções especiais os livros Lá fora — Um guia para descobrir a natureza, das biólogas Maria Dias e Inês Rosário, ilustrado por Bernardo Carvalho, Hoje sinto-me..., escrito e ilustrado por Madalena Moniz, Mar, de André Letria e Ricardo Henriques, e A ilha, de João Gomes de Abreu e Yara Kono. Catarina Sobral conquistou, em 2014, o Prémio Internacional, atribuído no âmbito da exposição de ilustração da feira, com o livro O meu avô.

 

Tendo a China como país convidado, a feira decorrerá de 26 a 29 de Março, com a presença de milhares de autores, ilustradores e editores de todo o mundo, em torno da criação e edição de livros ilustrados para crianças e jovens. A par da vertente de negócios de direitos de edição, a feira conta com uma exposição internacional dedicada à ilustração, várias mostras espalhadas pela cidade de Bolonha, encontro com autores, lançamentos editoriais e atribuição de prémios.

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que