@voodoolx, “um minimalista da fotografia em espaço urbano”

autoria Ana Marques Maia

// data 09/03/2018 - 13:51

// 5077 leituras

José Miguel Lopes, mais conhecido por @voodoolx graças à sua popular conta de Instagram — que tem actualmente mais de 50 mil seguidores —, considera-se "um minimalista da fotografia em espaço urbano", conta, em entrevista ao P3. "Sou designer, o que faz com que o meu olhar procure, inevitavelmente, linhas e formas subordinadas a algum tipo de lógica ou de organização." Ao comando da sua veia criativa, que já lhe valeu a participação no livro Life on Instagram, lançado em 2017 pela Penguin, está a obsessão pela arquitectura, pela geometria e simetria, pelo padrão e pelo isolamento de elementos orgânicos sobre texturas de natureza sintética, monocromática e pouco saturada. Aqui no P3 já apresentou as séries The Multiverse Diaries e V Faces.

 

Para ele, o Instagram é como um laboratório. "Abri a conta [de Instagram] há sete anos e desde essa altura que tenho vindo a fotografar de forma evolutiva, experimental. Vou depurando o meu estilo, aperfeiçoando e desfrutando também do facto de poder dar azo à criatividade sem quaisquer limitações.”

 

Encontra nas viagens a inspiração necessária para a criação fotográfica, mas evita intencionalmente a georreferenciação das suas imagens. “Coloco nomes de músicas ou partes de letras nos títulos das fotografias, nunca o local onde são tiradas”, esclarece, justificando que aprecia a abstracção que essa ausência estimula. Não é relevante o local onde fotografa, mas sim o enquadramento que obteve. Gostou particularmente de fotografar em Berlim, mas adora fotografar em Lisboa. “Acho que tenho sorte por ser a cidade onde vivo.”

 

A 9 de Março, no Espaço Mira, no Porto, inaugura a exposição Efémeros Instantes, que reúne uma retrospectiva do seu trabalho e do fotógrafo Rui Pina. A exposição é composta por imagens “feitas e editadas exclusivamente com recurso ao smartphone”.

Eu acho que