Crowdfunding

Estas tampas de silicone servem em todos os “tupperwares”

Campanha de “crowdfunding” lançada pela empresa Two Pillars já angariou mais de 389 mil euros. Objectivo é ajudar a lançar uma marca de tampas práticas e amigas do ambiente

Texto de Tiago Ramalho • 08/01/2018 - 16:59

Distribuir

Imprimir

//

A A

As tampas dos tupperwares estão sempre em falta. Ora se perdem, ora não se encontra o par da tampa num armário com 20 ou 30 caixas que parecem iguais. A Two Pillars, uma empresa ecológica norte-americana, está a engendrar uma solução para este problema recorrente. São tampas, sim, mas moldam-se a qualquer caixa, taça ou panela, evitando a busca incessante.

 

A empresa norte-americana que criou o produto lançou a campanha de crowdfunding a 27 de Novembro e no dia seguinte os 5000 dólares (4176 euros, aproximadamente) pedidos para o desenvolvimento do projecto já estavam garantidos. Dois meses depois, o projecto soma mais de 466 mil dólares (389 mil euros) angariados, investidos por mais de doze mil pessoas.

 

Como é que isto funciona? Bem, o vídeo parece indicar que qualquer recipiente pode ter uma tampa destas, sendo simples de utilizar e moldável. Até se for uma melancia, de acordo com a demonstração de produto. Além disso, a Two Pillars garante que as tampas podem ir ao microondas, ser lavadas sem desgaste e que a segurança da comida está sempre assegurada. Aliás, esta é uma empresa de inovação de produtos de cozinha e para a casa que procura criar novas formas de melhorar as tarefas domésticas. E o UniLid é um dos exemplos disso.

 

O objectivo da empresa era precisamente eliminar o trabalho de procurar um recipiente com o tamanho ideal para a comida que sobrou. A isto se junta a filosofia “verde” da Two Pillars, que pretende assim evitar o uso excessivo do plástico, trocando-o por tampas de silicone que se adaptam a qualquer superfície. Por enquanto, e até ao final da campanha de crowdfunding, este produto pode ser comprado por 15 dólares (12,5 euros).

 

A função do UniLid passa também por reduzir o desperdício alimentar e, por isso, estas tampas vêm com a possibilidade de marcar o dia da semana em que a validade da comida expira. “Tem havido um incrível aumento no desperdício. Quantas vezes estão a limpar o frigorífico e acabas com um saco do lixo cheio de comida sem validade e por comer?”, questiona Alia Lau, fundadora da empresa, numa nota de imprensa. O produto tem, inclusive, garantia vitalícia, uma forma de a empresa demonstrar a confiança que tem nestas pequenas tampas de silicone. 

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que