Evento

Um “crowdfunding” para promover os direitos das mulheres

Iniciativa sem fins lucrativos “Todas as vozes contam - Encontro de Mulheres 2018” está marcada para 10 e 11 de Março no Porto. E junta activistas de todo o país

Texto de P3 • 12/02/2018 - 09:17

Distribuir

Imprimir

//

A A

O nome está definido, a data marcada. Mas falta ainda apoio financeiro para que o evento possa ser o que deseja. “Todas as vozes contam - Encontro de Mulheres 2018” é uma iniciativa sem fins lucrativos organizada por activistas feministas de vários colectivos e está marcada para os dias 10 e 11 de Março, no Porto. Objectivo é “criar ferramentas que permitam que todas sejam porta-vozes de uma agenda feminista social, política colectiva”.

 

Para erguer o evento foi criado um crowdfunding, até 1 de Março, para angariar 2500 euros destinados a transportes, arrendamento de espaço para o encontro e alojamento, alimentação, material de divulgação e de material audiovisual. “Atendendo ao facto das mulheres ocuparem espaços de sub-representação em várias áreas da sociedade, desde a participação política, à esfera familiar, às decisões sobre os seus corpos e sexualidade, no direito ao espaço público, entre outras, queremos proporcionar espaços de participação e de reflexão colectiva”, lê-se no texto da página do PPL.

 

Em 2017 houve uma Marcha das Mulheres em várias cidades e vários colectivos, associações e activistas convocaram “manifestações públicas contra a violência machista, pela visibilidade dos direitos das mulheres”.

 

Na página do Facebook do evento podem ser acompanhados os desenvolvimentos e o programa, ainda em construção. Em breve, será possível ver, por exemplo, entrevistas com algumas mulheres activistas (como Ana Fernades, a Capicua, ou Manuela Matos Monteiro, do Espaço MIRA).

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que